GRAVLAX | Ser

gravilax

Clássico da Culinária Escandinava, nosso Chef da um toque especial com cachaça e beterraba.

Origem

Gravad lax ou gravlax (em Sueco, “salmão enterrado”), graved laks em Dinamarquês, gravlaks em Norueguês, graavilohi em Finlandês, e graflax em Islandês, é uma especialidade culinária escandinava, também difundida em outros países, feita de salmão cru marinado durante alguns dias em uma mistura de sal grosso, açúcar e endro. O peixe é servido cortado às fatias, mais finamente do que o sashimi japonês.

O gravlax surge na Idade Média, como uma forma de conservação do peixe, usada pelos pescadores da Península Escandinava, que salgavam e enterravam o salmão na praia, acima da linha da maré alta, deixando-o fermentar nas areias geladas.

Acesse o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=heNZE1osMuw

 

 

GRAVLAX CURADO NA BETERRABA
RENDIMENTO 14 PORÇÕES
1 FILÉ DE SALMÃO COM PELE (APROX 1,5 KG)
50 ML DE CACHAÇA
125 G AÇUCAR DEMERARA
120 G DE SAL GROSSO
400 G DE BETERRABA RALADA
1 MÇ DE DILL PICADO
PREPARO
EM UMA ASSADEIRA COLOQUE O SALMÃO COM A PELE PARA BAIXO. JOGUE A CACHAÇA SOBRE O SALMÃO DE FORMA QUE PEGUE TODO ELE. ACRESCENTE A BETERRABA ESFREGANDO BEM, EM SEGUIDA O AÇUCAR E O SAL. POR ULTIMO CUBRA COM O DILL. CUBRA A FORMA COM PAPEL FILME E DEIXE NA GELADEIA POR 24 HRS. RETIRE TODO EXCESSO DOS TEMPEROS E ESCORRA O LIQUIDO. EM UMA TABOA LIMPA RETIRE A PELE DO SALMÃO E CORTE EM FATIAS. SIRVA COM CREME AZEDO E SALADA.
RESERVAS